Return to site

UMA PROPOSTA (INACABADA) PARA MAPEAMENTO DA TRANSFORMAÇÃO DIGITAL

UM CONTEXTO

Se você está lendo estas linhas talvez concorde que a Transformação Digital está entre os principais tópicos das agendas das grandes corporações. Bem diferente das startups nativas digitais, a necessidade por adaptação faz com que grandes empresas olhem com atenção os movimentos necessários para a mudança.

Há algum tempo ouvimos que o futuro ia chegar cheio de novidades. Pois bem, agora ele chegou! E com ele a responsabilidade de muitos gestores em manterem vivas suas grandes embarcações.

Seja na esfera do PROPÓSITO, no âmbito da ESTRATÉGIA ou em questões OPERACIONAIS, o fato é que fazer manobras com navios demanda mais energia. Pequenos submarinos, ainda que precisem sempre estar atentos às mudanças das marés, mudam suas rotas com agilidade. Grandes porta-aviões, no entanto, além da atenção necessária ao que ocorre nos oceanos ao seu redor, precisam ainda encontrar medidas para ajustar suas rotas em tempo hábil.

O que fazer, então, diante de cenários ambíguos, com players e demandas tão diversos quanto complexos?
O mundo contemporâneo não mais nos permite fórmulas prontas, isso já não é mais novidade. Diante de contextos tão instáveis, e com previsão de que as ainda mais novidades atropelem nossas vidas, cada cenário é único e altamente sujeito à transformações repentinas. Portanto seria ingênuo pensar em REGRAS bem definidas para orientar a Transformação Digital em grandes empresas.
Em vez disso, a aposta é sobre PRINCÍPIOS bem claros, que possam sobreviver às mudanças. Não exatamente um rota fixa (já que os destinos também podem sofrer ajustes), mas uma carta que permita autenticidade na jornada das empresas. Mesmo diante de tempestades, do sobe e desce das marés, da aparição de novos submarinos ou naufrágio de porta-aviões inimigos.
Joi Ito e Jeff Howe no livro "Disrupção e Inovação. Como Sobreviver ao Nosso Futuro Acelerado" reforçam que o mundo que vivemos é o mais complexo e volátil que já vivemos em nossa história. Nossas ferramentas estão ficando cada vez mais rápidas, mais baratas e menores. Um desenvolvimento em velocidade exponencial que vai desenhar (ou está desenhando) um sistema operacional totalmente novo.
Estamos vivendo um período de drástica mudança e, como sempre em nossa história, haverá vencedores e perdedores. Que serão definidos, sobretudo pela capacidade de aprenderem a PENSAR E AGIR DE FORMA DIFERENTE.
Talvez seja esse um dos PRINCÍPIOS da Transformação Digital. E sendo assim, fica aqui o convite para pensar diferente e refletir sobre ela com base em insights gerados em colaboração recente com líderes que compartilham o desafio de manobrar suas naus rumo à adaptação ao novo mundo.

UMA REFLEXÃO

A TRANSFORMAÇÃO DIGITAL, em uma definição preliminar, seria:

O processo no qual as empresas fazem uso da tecnologia para melhorar o desempenho, aumentar o alcance e garantir resultados melhores. É uma mudança estrutural nas organizações dando um papel essencial para a tecnologia.
Mas será somente isso?
Buscando um entendimento mais profundo, e sem a pretensão de esgotar o assunto em um parágrafo, a TRANSFORMAÇÃO DIGITAL, é mais que a tecnologia em si. Num âmbito mais amplo, significa um novo MINDSET para tirar o melhor proveito do que a tecnologia pode nos ensinar.
Ou seja, adotar as novas formas de pensar e agir que o mundo da tecnologia nos mostra em seus mais fabulosos cases de sucesso e impacto. São as formas de agir que nos permitem SER MAIS RÁPIDOS, MAIS BARATOS e MELHORES.

UM MAPA

A TRANSFORMAÇÃO DIGITAL, portanto, deve assumir um caráter muito mais COMPLEXO, com inúmeras engrenagens interconectadas. Um sistema que assume pelo menos, 3 DIMENSÕES INTERDEPENDENTES. Dimensões estas que devem ser (todas elas!) perseguidas por pessoas e organizações que almejam o sucesso num mundo em transformações cada vez mais aceleradas:

- SER DIGITAL: Início pelo indivíduo. Mais criativo e colaborativo, mais empático. Atender melhor às necessidades humanas envolvidas. Ser mais integrado, ágil e ousado.
- FAZER DIGITAL: Propagar a mudança para interlocutores diretos através de novos processos (digitais ou analógicos), novas arquiteturas, projetos estruturantes, otimização do core business da organização e aumento a eficiência digital;
- PARECER DIGITAL: Ser percebido em toda a sua essência como uma entidade adaptativa, flexível, resiliente. Dar o exemplo e servir como modelo para a empresa, para o mercado e para o mundo. Transcender as fronteiras e multiplicar as possibilidades de um mundo abundante.
---
Sobrepostas à estas 3 dimensões, a Transformação Digital varia entre, pelo menos, dois eixos: (1) Ambiente Interno-Externo e (2) Caráter Técnico-Comportamental. Em sendo:
1.1) AMBIENTE EXTERNO: Relacionamento com o CLIENTE e relações de MERCADO;
1.2) AMBIENTE INTERNO: Relacionamento com COLABORADORES e FUNCIONÁRIOS;
2.1) CARÁTER TÉCNICO: DIGITALIZAÇÃO DE PROCESSOS e diminuição de ferramentas e tarefas ANALÓGICAS;
2.2) CARÁTER COMPORTAMENTAL: MODELOS MENTAIS e PRÁTICAS relacionadas à COLABORAÇÃO, EXPERIMENTAÇÃO E AGILIDADE;

UMA INCONCLUSÃO

Em última instância, a TRANSFORMAÇÃO DIGITAL deve ser alçada ao status de uma NOVA CULTURA (social ou organizacional), onde as LIDERANÇAS não só permitam, mas estimulem e favoreçam, a adoção de um novo SER, de um novo FAZER e de um novo PARECER, expandindo as processos e comportamentos digitais para seus públicos (interno e externo) e, claro, transcendendo seus benefícios para o mundo.
 

Fazendo valer o que de melhor as redes, a Internet e as tecnologias têm a nos ensinar:

Fomentando ecossistemas mais conectados, horizontais e colaborativos.
 

E ainda mais que isso!
 

Criando ambientes onde LÍDERES criem, e permitam que se criem, novos LÍDERES. Que sejam mais DISTRIBUÍDOS, MAIS CONECTADOS e MAIS EFICIENTES.
 

Para que, definitivamente, toda essa abundante massa de NOVAS LIDERANÇAS DISTRIBUÍDAS (onde, claro, você se incluí!), através da CORAGEM, da PAIXÃO, e da CORRESPONSABILIDADE, assumam um novo PACTO DIGITAL.

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OKSubscriptions powered by Strikingly